João Leão aconselha: “Se Neto tiver juízo, fica na Prefeitura”

O vice-governador e secretário de Planejamento, João Leão (PP), disse, no domingo de Carnaval, no Campo Grande, que “se ACM Neto tiver juízo, ele fica na Prefeitura”, ao referir-se à indefinição sobre a candidatura do prefeito ao governo do estado. O “conselho” para o democrata foi justificado ao dizer, entre outras coisas, que Neto passaria a ser o responsável pela performance da administração do vice, Bruno Reis (MDB).

“Ele fica na Prefeitura. Porque que eu digo isso: eu gosto de Neto, eu gosto dele. Ele gosta de mim. Acho que ele vai ter um futuro maravilhoso na política baiana. Tem futuro o menino, o menino tem futuro. Agora, ele tem que ter a a paciência de deixar chegar o momento dele”, disse Leão.

Sobre o prognóstico de uma provável renúncia do prefeito, Leão chegou a dizer que Bruno Reis ainda não tem a experiência administrativa de Neto e que poderia deixá-lo na mão, o que seria “normal” em política.

“A responsabilidade da saída não é do vice, não. É dele. Ele é que tem que ter a responsabilidade de assumir que ele vai sair. Entregar ao vice, que ninguém sabe como é administrativamente. Ele passou a ser o responsável pelo vice dele. E eu gosto do vice também [Bruno Reis]. Agora, não tem a experiência que Neto tem”.

Leão reafirmou que não tem a menor chance de o PP ir para a base de Neto. E disse que seu filho, o deputado federal Cacá Leão, também pensa da mesma forma. No último mês o que se dizia era que Cacá articulava em âmbito nacional apoio do partido ao democrata. Entretanto, as conversas não foram à frente.

Fonte: A Tarde (Foto: Regina Bochicchio | Ag. A TARDE)

Related posts

Leave a Comment