Queda da secretária Juliana Paes é o destaque da reforma de Elinaldo

José Gama, na SEGOV; Ilay Ellery, na SEDES; Waldy Freitas, na SEDEC; Vanessa Rodrigues, na ASCOM; Helder Almeida, na SECAD; Janete Ferreira, SERIN; e Silvia Carreira na SEDUR, com exceção da SEFAZ, que terá definição na quarta-feira, 12, são os principais nomes anunciados pelo prefeito Elinaldo Araújo (DEM), na reforma administrativa que faz desde que assumiu o governo há quase um ano e meio.

Da mexida no time, apesar da minimização do prefeito à saída da moça, destaque para o cartão vermelho que recebeu a agora ex-secretária Juliana Paes, que era indicação do prefeito de Salvador ACM Neto, acusada pelo Ministério Público Estadual, de “comandar uma quadrilha montada na secretaria para venda de alvarás”, que vinha resistindo no cargo até agora, inegavelmente com a conivência do prefeito Elinaldo, que se fazia “de morto” mesmo diante da repercussão e da gravidade do caso.

A reforma, na verdade uma dança de cadeiras, ou troca de seis por meia-dúzia, não traz nenhuma novidade no que concerne a nomes que ofereçam uma expectativa diferente da que tomou conta da comunidade depois de um ano do governo que assumiu com promessa de mudança mas que não fez muito diferente de quando esteve praticamente o mesmo grupo à frente da cidade há quase 15 anos e muito menos tem superado a gestão que sucedeu.

E pelo que disse o prefeito Elinaldo, que permanecerá no DEM, e apoiará “o plano B do partido”, no caso a candidatura do prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo, diante da desistência do prefeito ACM Neto, de concorrer a governador do Estado, revoltando toda a casta democrata quando todos dormiam e acordavam seguros da candidatura, desperdiçando a oportunidade de ouro de libertação que lhe foi dada, com medo de que não se sabe, porém presumível, nada melhor do que isso se pode esperar.

Bom mesmo fica para os auxiliares que subiram de posto e de salário, que tem porem a oportunidade de com o trabalho à frente de suas pastas desmentir o Camaçari Fatos e Fotos (CFF). Tomara.

Fonte: CFF (Foto: Reprodução | ASCOM PMC)

Related posts

Leave a Comment