Wagner defende que PT abra mão de exclusividade em candidatura para 2022

Em entrevista ao jornal A Tarde, o senador eleito Jaques Wagner (PT) disse acreditar que o governador Rui Costa, reeleito neste pleito, vá conseguir manter a aliança com os partidos que estão na base, bem como com os que estão apoiando o presidente eleito Jair Bolsonaro, a exemplo do PP e do PR. “Ele [Bolsonaro] não tem tido muita atenção para a política. Então, eu acho que a questão baiana não vai se abalar em função do governo federal”, afirmou Wagner. Ex-governador do Estado, o petista também defendeu que o seu partido abra mão da exclusividade de concorrer ao Palácio de Ondina em 2022. “Não é proibido que o candidato seja do PT. Mas seria de bom tom que fosse uma alternativa entre aliados”, declarou./span

Fonte: Bahia Politica

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *