Denúncia de autopromoção do prefeito Elinaldo, busca providências no Ministério Público de Camaçari.

O munícipe Jorge Eduardo Brandão, com base no direito constitucional de petição, noticiou ao Ministério Público os crimes de autopromoção de Antonio Elinaldo, nos quais usa fotos, vídeos e áudios nas redes sociais, no site oficial da prefeitura, onde veicula benefícios sociais e ações de governo de forma personalista.  Alguns assessores e pessoas próximas ao prefeito são  flagradas em várias ocasiões exercendo tarefas de ação social, e, também responsáveis pela divulgação em redes sociais, com compartilhamentos, curtidas e comentários que reforçam a tese de autopromoção do prefeito. 

Esta prática é recorrente e nas entregas de cestas da semana santa a desorganização da prefeitura foi ambiente fértil para o crime. O vereador Adalto, da Igreja Católica, fez até vídeo e divulgou as benesses com a maior naturalidade possível.

Diante de fatos desta ordem, foram colhidas várias fotos, vídeos e links das postagens, e apresentados como prova material ao MP, com a finalidade de que a apuração seja célere, séria e judicializada. A denúncia foi protocolada na segunda-feira, 13 de abril de 2020, às 14:17h, através do email: camacari@mpba.mp.br.

Os links das postagens nos facebook, Instagram e Twitter do Prefeito Elinaldo, matéria no site da prefeitura municipal, já não poderão mais ser deletados, uma vez que os prints das imagens foram acostados ao pedido de investigação, e, a partir do conhecimento, o MP, tem fé pública para certificar o feito.

Redação CA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *