Lote com insumos para produção da CoronaVac chega a São Paulo

O governador de São Paulo João Doria acompanhado do secretário estadual de Saúde Jean Gorinchteyn e do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, recebe lote com insumos da CoronaVacImagem: Reprodução/Twitter/João Doria

Um lote com insumos para produção da CoronaVac, vacina contra a covid-19 produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, chegou nesta manhã ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. A nova carga de insumos servirá para a produção de 1 milhão de doses, segundo o governador paulista João Doria (PSDB), que esteve no local acompanhado do secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, e do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas…. – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/12/03/lote-com-insumos-para-producao-da-coronavac-chega-a-sao-paulo.htm?utm_source=chrome&utm_medium=webalert&utm_campaign=uol&cmpid=copiaecola

“Estou no Aeroporto Internacional de Guarulhos, recebendo nova carga de insumos da Coronavac, para produção de 1 milhão de doses da vacina do Butantan. Agora já temos 1 milhão e 120 mil doses da vacina em solo brasileiro para salvar vidas. Sentimento de esperança na luta pela vida”, escreveu o tucano…. – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/12/03/lote-com-insumos-para-producao-da-coronavac-chega-a-sao-paulo.htm?utm_source=chrome&utm_medium=webalert&utm_campaign=uol&cmpid=copiaecola

As primeiras 120 mil doses da CoronaVac chegaram a São Paulo no mês passado. Até o fim do ano chegarão mais de 46 milhões de doses. No acordo com a Sinovac, seis milhões estarão prontas para a aplicação e outros quarenta milhões que serão fabricadas pelo Instituto Butantan a partir de matéria-prima encaminhada pela farmacêutica chinesa…. – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/12/03/lote-com-insumos-para-producao-da-coronavac-chega-a-sao-paulo.htm?utm_source=chrome&utm_medium=webalert&utm_campaign=uol&cmpid=copiaecola

Resultados analisados

No mês passado, o governo paulista anunciou que os estudos de fase três do imunizante, que podem atestar sua eficácia, chegaram ao número mínimo de infectados pelo coronavírus. Com essa marca, é possível abrir os resultados dos estudos para análise da aprovação do registro pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Gorinchteyn afirmou nesta terça-feira (1º) que os resultados do imunizante estão sendo analisados e devem ser compartilhados com o governo “possivelmente na semana que vem”.

“Na semana passada, foram abertos os trabalhos da fase 3 para saber se a vacina é eficaz e se ela protege contra o vírus. Foram enviados os resultados para um com… – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/12/03/lote-com-insumos-para-producao-da-coronavac-chega-a-sao-paulo.htm?utm_source=chrome&utm_medium=webalert&utm_campaign=uol&cmpid=copiaecola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *