Denúncia grave: Vereador suplente declara que teve que ceder 6 vagas da assessoria do seu gabinete para Jorge Curvelo

O vereador Mar de Areias (DEM) pautou uma grave denúncia durante o programa Bahia Política, exibido pelo apresentador Jutan Araújo, nesta quarta-feira (20), em Camaçari.

Durante a exibição, Mar de Areias que foi suplente de Jorge Curvelo (DEM), na Câmara de Camaçari, afirmou que após assumir como vereador, teve que ceder 6 das 10 vagas de assessoria do seu gabinete para Curvelo.

Jorge Curvelo é vereador licenciado e atualmente é secretário de Esporte, Lazer e Juventude de Camaçari (Sejuv), o que não poderia ter nenhum vínculo, nem determinar ou transferir cargos dentro da Câmara, configurando assim um possível tráfico de influência, art. 332, crime previsto no Código Penal brasileiro.

Tráfico de influência consiste na prática ilegal de uma pessoa se aproveitar da sua posição privilegiada dentro de uma empresa ou entidade, ou das suas conexões com pessoas em posição de autoridade, para obter favores ou benefícios para si própria ou terceiros, geralmente em troca de favores ou pagamento.

Tráfico de influência – artigo 332 do Código Penal

Veja vídeo:

Fonte: Jornal Camaçari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *